Como fazer sobrar
dinheiro no fim do mês?

Se você sempre chega ao fim do mês com a conta
zerada, saiba que não está sozinha, viu?

A pandemia desestabilizou muita gente. Pesquisas
chegaram a apontar que, ao menos 56% dos
brasileiros, têm dificuldades em guardar dinheiro. 

E os motivos são os mais variados: falta de
organização, conhecimento e educação financeira,
dentre outros.

Para aqueles que não recebem renda suficiente para
se manter minimamente, o desafio é ainda maior.
Mas, com algumas estratégias, é possível controlar
o orçamento e fazer sobrar dinheiro.

Repensar seus comportamentos e hábitos
financeiros é uma excelente maneira de começar e,
nessa hora, uma boa dose de autoconhecimento
nunca é demais. 

Será que realmente você precisa comprar tantas
coisas ou está apenas agindo por impulso? 

Pensar e agir de forma sustentável ajuda a refletir
sobre melhores hábitos de consumo - o que pode
tirar você das dívidas mais rapidamente. 

Outra dica é reduzir os gastos com coisas
dispensáveis, ou substituir gastos essenciais por
menores. 

Elimine do orçamento as contas de serviços não
utilizados, como a academia que você nunca foi ou
o serviço de streaming que nunca aproveitado. 

Como o exercício físico é indispensável, que tal
começar a praticar algum esporte ao ar livre?
Você vai economizar, enquanto se organiza
financeiramente. 

Trocar marcas famosas de produtos por outras de
igual qualidade e preço acessível também ajuda.
Neste caso, a principal beneficiada será você.

Por fim, recuse tudo que não estiver alinhado com
seus objetivos e não for prioridade. 

Aprender a falar ‘não’ aos outros e a si mesma, a
tornará protagonista de sua própria vida financeira.
Comece hoje mesmo!

VÁ ALÉM: REUTILIZE

Em vez de simplesmente jogar fora objetos, roupas
e outros itens, que tal cogitar a possibilidade de
reutilizar todos eles?

ECONOMIA CRIATIVA

Não tenha medo de gerar uma renda extra para
aumentar a sua receita e fazer sobrar dinheiro. Uma
boa dica é revender itens que você possui em casa.
Aposte nisso!

TEXTO: Luciana Ikedo
REVISÃO: Vivian Ortiz
EDIÇÃO: Caroline Duarte 
SUPERVISÃO: Vitor Balciunas 
CRÉDITOS: Tenor e Pixabay 

CLIQUE AQUI